You are here:  / Críticas / Destaque / DJANGO LIVRE

DJANGO LIVRE

Este é o Oscar das homenagens, já que ‘Detona Ralph alegra os fãs dos vídeo games, ‘Paranorman’ os aficionados por zumbis e todo tipo de terror e este ‘Django Livre’ é um faroeste à moda antiga com pitadas geniais de cultura pop – só Quentin Tarantino para colocar um black music aqui – e referências claras e merecidas a Enio Morricone, Sergio Leoni, Clint Eastwood e tantos outros gênios.

Assim como em (‘Bastardos Inglórios’) que trouxe os judeus como heróis, coisa raríssima de acontecer, aqui o diretor usa um negro interpretado pelo excelente Jamie Foxx (‘Colateral’), para protagonizar um gênero dominado exclusivamente por atores brancos.


O cuidado com a trilha sonora e a fotografia são notadas desde os primeiros minutos, assim como os diálogos, que podem parecer um tanto racistas num primeiro instante, mas cabem perfeitamente no contexto da época, assim como a sacada direta ao Klu Klux Klan em uma sequência pontual.

Voltando a comentar sobre os atores, é fato afirmar que Christopher Waltz funciona muito bem quando dirigido por Tarantino, assim como Samuel L. Jackson (‘Pulp Fiction – Tempos de Violência’), que está irritantemente bem como um homem que repudia sua própria raça e por fim, mas não menos importante, o afetado e talentoso Leonardo DiCaprio (‘A Origem’).

Após ser liberto da escravidão por um alemão chamado Dr. King Schultz, Django é treinado por ele e se transforma num mercenário que sai à caça de mal-feitores perseguidos pela justiça. Mas existe outro motivo pelo qual ele luta: sua esposa foi vendida para o violento Monsieur Calvin Candie e precisam chegar até lá, antes que seja tarde demais.

Além de tudo isso o espectador terá uma violência crua, um tiroteio no terceiro ato coreografado com extrema perfeição e o suspense em momentos impensáveis. Não seria demérito algum ver ‘Django Livre’ sair com a estatueta principal na noite do Oscar.

Título Original: Django Unchained
Ano Lançamento: 2012 (Estados Unidos)
Dir: Quentin Tarantino
Elenco: Jamie Foxx, Christoph Waltz, Leonardo DiCaprio, Kerry Washington, Samuel L. Jackson, Walton Goggins, Dennis Christopher, James Remar

ORÇAMENTO: 100 Milhões Dólares
NOTA: 9,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca