You are here:  / Críticas / DEIXA ELA ENTRAR

DEIXA ELA ENTRAR

cinemmarte.wordpress.com

 

Tire da cabeça vampiros que andam de dia, jovens ‘bombadinhos’ cheios de pieguice e uma estrutura romântica que parece ter sido tirada das novelas mexicanas – sim, estou falando de ‘Crepúsculo. Pois ‘Deixa Ela Entrar’, produção sueca, extremamente caprichada e protagonizada com louvor pelos talentosos Kare Hedebrant e Lina Leanddresson, resvala em conceitos sociais sérios e bastante críveis.

O diretor Tomas Alfredson, consegue contornar a obviedade da fotografia esbranquiçada e fundi-la perfeitamente com o tom sombrio ditado nos 115 minutos. O aprofundamento pessoal dado aos personagens principais, no roteiro de John Ajvide Lindqvist, é belíssimo e aborda temas frequentes na vida dos adolescentes como solidão e angústia, de forma contundente e nunca gratuita.

Oskar é um garoto de 12 anos que vive com a mãe num apartamento. Na escola, é constantemente menosprezado e ridicularizado pelos colegas, até que numa noite fria conhece Eli, uma menina misteriosa que guarda muitos segredos. Conhecerá o gosto da vingança e fará escolhas que mudarão sua vida para sempre.

As sequências violentas são vistas de maneira charmosa e convencem. No fim percebemos a grandiosidade do produto, pois Alfredson entrega as surpresas vagarosamente, testando nossa inteligência e sobriedade em relação aos acontecimentos. Esqueça ‘Lua Nova’. ‘Deixa Ela Entrar’ é cinema de verdade!

ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas