You are here:  / Críticas / CURTINDO A VIDA ADOIDADO

CURTINDO A VIDA ADOIDADO

cheirodcafe.blogspot.comTodo estudante que se preze, por mais nerd que seja, já teve vontade de abandonar a escola e aproveitar o dia para fazer nada. Matar aquela aula entediante e sonolenta, daquele professor tosco que fala mil e uma coisas e você acaba não entendendo nada no final.

O fato é que John Hughes (‘Gatinhas e Gatões’) criou uma comédia que critica os métodos de ensino, que por vezes não passam de enganação, ou seja, professores fingem que ensinam e alunos fingem que aprendem. Além disso, ele sabia conversar com os adolescentes (os anos 80 foram dele, sem sombra de dúvidas) e para quem acredita que Kevin Smith é antenado e esperto, é porque nunca viu Hughes em atividade.

A proximidade entre protagonista e espectador se fortalece, pois Ferris Bueller conversa com a câmera e explica os reais motivos de enganar seus pais, por isso nos tornamos confidentes fieis do garoto.

Cansado da vida de estudante, Bueller decide tirar um dia de descanso das aulas. Chama seu melhor amigo e a namorada para irem juntos e inventa inúmeras desculpas para poder sair. Em meio a tanta diversão, o diretor do colégio chamado Ed Rooney, resolve ir atrás e ferrar com a vida do garoto e para piorar, sua irmã sente uma certa inveja dele e será outra ‘pedra em seu sapato’.

Além de apresentar ao público Charlie Sheen (‘Platton’) e Jennifer Grey, antes de estourar em ‘Dirty Dancing, conta com uma trilha sonora genial e sequências antológicas como quando Bueller dubla “Twist and Shout” no meio do desfile. Era uma rebeldia esperta e tinha Matthew Broderick (‘Godzilla’) levando uma empatia imediata ao público. É por essas e outras que ‘Curtindo a Vida Adoidado’ se tornou um dos grandes filmes dos anos 80.

Título Original: Ferris Bueller’s Day Off
Ano Lançamento: 1986 (EUA)
Dir: John Hughes
Elenco: Matthew Broderick, Alan Ruck, Mia Sara, Jennifer Grey, Lyman Ward, Edie McClurg, Charlie Sheen

ORÇAMENTO: —
NOTA: 10

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca