You are here:  / Críticas / Crash – No Limite, talvez um dos piores filmes a faturar o Oscar Principal

Crash – No Limite, talvez um dos piores filmes a faturar o Oscar Principal

Alejandro Iñarritu, para o bem ou para o mal, mostrou aos espectadores convencionais o quanto um roteiro entrecortado poderia surpreendê-los. Além do que, quanto um dramalhão bem amarrado chocaria e emocionaria até os corações mais frios. Foi assim com Amores Brutos, 21 Gramas e Babel.Crash - No Limite

Então, Paul Haggis, excelente roteirista de Menina de Ouro, resolveu dirigir algo parecido, como se fosse um estagiário de Iñarritu, e o resultado disso foi Crash – No Limite. 

O drama salpica um pouco de fé aqui, desespero ali e muita, mais muita lágrima acolá. Se Haggis tinha a intenção de transformar Los Angeles num personagem, errou feio e só conseguiu ofuscá-la cada segundo mais.

Outro detalhe infantil foi a escolha de boa parte do elenco. A começar por Sandra Bullock (Gravidade) e Brendan Fraser (A Múmia), que estão insossos. Bem como o ‘rostinho fofo’ de Ryan Phillipe (Assassinato em Gosford Park), além de Matt Dillon (Quem vai Ficar com Mary?) e Don Cheadlle (Hotel Ruanda), que seguram as pontas.

Dizer que é o pior filme a faturar o Oscar principal, poderia parecer perseguição de minha parte. Mas o tempo falará por si e colocará Crash – No Limite no seu devido lugar. Só mesmo a Academia e seus conceitos estranhos para deixar O Segredo de Brokeback Mountain de lado.

Sinopse de Crash – No Limite:

Após um grave acidente de carro em Los Angeles, uma onda de discriminação racial, de classe e crenças são desencadeadas. Desde um policial corrupto, sem esperanças de futuro, passando por um pai de família frente a frente com uma situação de risco, até uma mulher que é abusada.

NOTA: 5,0
ORÇAMENTO: 6,5 Milhões

Comente via Facebook

Comentários

3 COMMENTS

  • Acho que o filme Crash, mostra muito da realidade em que vivemos hoje. Ao menos aqui no Rio de Janeiro. É um filme que me fez refletir em minha vida e minha realidade. Muito bom na minha opinião.

  • Cara, quanto a Brendan Fraser e Sandra Bullock, acho q Fraser é um grande ator sem merecidas oportunidades, mas Sandra Bullock não tem tanto tato com suas personagens, parecendo-me que ela sempre faz a mesma com outro nome… É apenas opinião pessoal, mas eu não acho que ela seja uma atriz comparável com Rene Russo e muitas outras

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas