You are here:  / Críticas / CHEGA DE SAUDADE

CHEGA DE SAUDADE

cinelounge.files.wordpress.comSe em ‘Bicho de Sete Cabeças’, Laís Bodanzki tratou do universo conturbado e revoltado dos adolescentes, ‘Chega de Saudade’ se adianta no tempo, tentando entender as motivações, alegrias, tristezas e amores da terceira idade, calcado numa trilha sonora que se funde otimamente pelo decorrer do longa.

Por isso, uma obra completa a outra, fechando (mesmo inconscientemente) este complexo ciclo entre início e final da vida. No elenco temos Cássia Kiss (‘Não por Acaso’), Tônia Carrero (‘Copacabana Palace’), Betty Faria (‘Sexo, Amor e Traição’), Stepan Nercessian (‘O Maiore Amor do Mundo’) e Leonardo Villar, irradiando sintonia em grande parte da obra. Temos também Paulinho Vilhena (‘O Magnata’) e Maria Flor em interpretações surpreendentes, com carga emocional diferente dos superficiais papeis televisivos.

Não só os diálogos funcionam, como também os olhares, gestos e toques, que fluem caprichosamente. No fundo, as ligações entre gerações distintas são evidentes, pois tanto o personagem de Rodrigo Santoro quanto qualquer outro em ‘Chega de Saudade’ vivem seus momentos como sendo os últimos.

Filme sublime onde a diretora prova outra vez, competência e talento, usando algo raro na sétima arte: a simplicidade.

NOTA: 8,0
ORÇAMENTO: 4,6 Milhões de Reais

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • esse filme deve ser bom, er.. o filme tem alguma coisa haver cm a musica ‘chega de saudade’? eu adoro³ essa música 😡

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas