You are here:  / Críticas / Ataque ao Prédio, o gueto contra os alienígenas

Ataque ao Prédio, o gueto contra os alienígenas

Ataque ao PrédioSe Super 8 foi a homenagem norte-americana à década de 80, colocando crianças numa aventura nostálgica e lotada de referências a Steven Spielberg e companhia, Ataque ao Prédio é a versão britânica disso tudo. O projeto conta com os mesmos produtores de Chumbo Grosso e Todo Mundo Quase Morto, então você já sabe o que esperar!

Mas esqueçam a visão sutil norte americana. Aqui ainda há espaço para sequências gore, muito sangue e uma gangue de infratores juvenis muito carismática. Joe Cornish, que é o roteirista de As Aventuras de Tintin, divide bem as características dos heróis, moldando uma inversão muito interessante (aqui os negros, suburbanos do gueto que irão salvar o dia), além de criar alienígenas apavorantes e bem violentos.

Talvez o mais estereotipado seja Leeon Jones, mas isso não é culpa dele, mas sim do pouco tempo do ator em cena. Nick Frost também dá o ar da graça e não decepciona, alavancando o roteiro e tirando risadas do espectador toda vez que está em frente às câmeras.

A energia de Ataque ao Prédio é invejável e a mistura de suspense e homenagens a cultura pop também. Um projeto que merece ser redescoberto e continuar galgando seu lugar no coração e na mente de todos os aficionados pelo bom entretenimento. Em breve vai ganhar status de cult, escrevam o que estou dizendo!

Sinopse de Ataque ao Prédio:

Numa noite a enfermeira Sam é atacada por uma gangue enquanto voltava para a casa. Na mesma hora, um meteoro cai em cima de um carro e distrai a atenção dos bandidos, que encontram um extraterrestre e o matam. Agora, uma horda destes bichos desconhecidos invade o bairro dos garotos e vão caçá-los até o fim.

Título Original: Attack the Block
Ano Lançamento: 2011 (Reino Unido)
Dir: Joe Cornish
Elenco: Nick Frost, Jodie Whittaker, Luke Treadaway, Flaminia Cinque, Joey Ansah, Lee Nicholas Harris, Chris Wilson

NOTA: 7,5
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca