You are here:  / Críticas / ATIVIDADE PARANORMAL

ATIVIDADE PARANORMAL

cinemacomrapadura.com.br

 

No cartaz de ‘Atividade Paranormal’, uma frase avisa ao espectador: ‘não assista sozinho’. Nos trailers passados na internet, pessoas foram filmadas dentro do cinema e gritavam, se retorciam e se espantavam com o que viam na telona. Por esta campanha ferrenha (que não é novidade, pois ‘A Bruxa de Blair’ foi o precursor desta artimanha), o suspense de 15 mil dólares já acumula mais de 100 milhões nas bilheterias americanas.

A filmagem é quase amadora, lotada de cortes abruptos e pega emprestado ideias já vistas antes para tentar botar medo nos desavisados. A câmera estática no quarto é outro problema, pois apesar do auto nível de tensão nos minutos iniciais, existe certo desgaste no decorrer do longa, e só no desfecho o medo toma conta novamente – a penúltima cena em especial é sensacional.

Os atores Katie Featherston e Micah Sloat tem boa química, mas os coadjuvantes estão lá apenas para fazer número. É evidente que Oren Peli foi inteligente ao escrever um roteiro sombrio e misterioso, mas também é bom lembrar que, se o trabalho não tivesse caído nas mãos de Steven Spielberg, todo este alarde seria diminuído imensamente.

Casal é perseguido por uma entidade e pela noite, quando estão dormindo, vozes e passos são ouvidos pela casa, luzes acendem misteriosamente e portas se fecham com violência. Micah resolve comprar uma câmera e filmar os acontecimentos ocorridos nas madrugadas e quanto mais o tempo passa, maior é a tensão e o medo divididos entre eles.

Não é o ‘melhor terror dos últimos tempos’ como haviam dito por aí, pois ‘[Rec]’, ‘Cloverfield’ e, principalmente, ‘A Bruxa de Blair’ tem mais potencial que ‘Atividade Paranormal’. Para o bem ou para o mal, enquanto aceitarmos este formato reality-show nos multiplex, haverão sempre novos exemplares deste sub-gênero. Oren Peli já está contratado para filmar ‘Área 51’, sobre a famosa base norte-americana. Vamos esperar e ver no que dá, por hora é só outro diretor mediano!

ORÇAMENTO: 15 Mil Dólares

Comente via Facebook

Comentários

7 COMMENTS

  • Eu tive a sorte de ser avisado sobre esse filme antes de assistir… logo não assisti! Me falaram exatamente o que o você disse teve amigo meu que dormiu no cinema de tão chato que achou o filme! rsrsrs

    Excelente crítica!

  • Cara, vc só pecou na hora que citou cloverfield como um filme de potencial.

  • Concordo plenamente com o que você disse. Eita filminho chato!

    Sou muito mais REC, Cloverfield e Bruxa de Blair…

    Só uma pergunta: assombrações andam?

    hahahahahaha

  • Cloverfield é fodastico!Um dos melhores que ja vi!REC é o pai dos filmes de suspenses,o resto eu acho ridiculo e previsível.Bruxa de blair te engana o filme todo!Só um idiota pra ir no cinema e pagar pra ver um pessoal numa floresta com medo de pedras e gravetos no chao e nada de BRUXA!

  • Cara, vc só pecou na hora que citou cloverfield como um filme de potencial. [2]

    Não curto cloverfiled..pelo amor de deus, o cara arrisca um grupo TODO por causa de UMA mulher e no final assume que vão morrer? and..eu vi atividade paranormal, o cara é bem esperto…

    …conseguiu ganhar dinheiro dormindo gritando e fingindo passos OASOASPKASOPK

  • Quando eu vi o trailer percebi que é tosco.

    Esse tipo de apelação, mostrando a reação das pessoas no cinema é uma forma de "provar que o filme é bom".

    Ok, ai chega meu namorado e me leva pra assistir esse filme, pq alguns amigos disseram que era legal.

    O filme é super previsível, nada assustador e nada aterrorizante, o que "salva", um pouquinho, o filme é o final.

    Mas sério, dá pra dormir no filme fácil, não vale a pena mesmo ir ao cinema e não é um filme "digno" hehe

    Não assisti REC ainda, é bom mesmo?

    beijos.

  • Olá, Rêe Reis, entao [REC] é muito bom e tem um dos finais mais amedrontadores dos ultimos tempos… Vale a locação

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas