You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / Armadilha Explosiva, suspense francês abusa das convenções do gênero
armadilha explosiva

Armadilha Explosiva, suspense francês abusa das convenções do gênero

Quando vi o trailer de Armadilha Explosiva notei que o material poderia render um suspense de qualidade. Além disso, sairia um pouco das convenções do cinemão hollywoodiano que, apesar de tudo, já nos entregou obras primas como Sevenoutras extremamente competentes como Enterrado Vivo e, enfim, bombas como Chamada de Emergência.

Mas vamos fazer um exercício imaginativo por aqui. Você está dentro do seu carro com seu filho e sua enteada. Há uma bomba na parte debaixo do veículo e ela explodirá a qualquer momento. Qual a sua reação:

a) desesperar-se, mas tentar se controlar;

b) chorar descontroladamente sabendo o que pode acontecer;

c) pensar como uma profissional da área e debater com os colegas que tentam salvá-la;

d) nenhuma das alternativas.

A protagonista, vivida por Nora Arnezeder, escolhe a última opção e consegue ser tão inexpressiva quanto o restante do elenco. E quando personagem surge para interagir com eles… aí é que os diálogo vão por água abaixo.

A policia parisiense em Armadilha Explosiva

E o diretor, Vanya Peirani-Vignes, tenta inserir algumas críticas referentes ao descaso quanto as minas terrestres, que matam dezenas de pessoas todos os anos na Ucrânia, mas infelizmente a boa intensão não serviu de nada.

Vale ressaltar também que há uma policial que só toma patada e aceita tudo sem reclamar. Será mesmo que os oficiais parisienses são assim?

Para completar ainda vemos:

  • O homem que precisa lidar com seu passado;
  • Em seguida, a nerd do grupo;
  • Ao mesmo tempo, um vilão que não diz a que veio;
  • Bem como, certas convenções para ajudar o roteiro a ir para frente.

Armadilha Explosiva peca naquilo que se propõe, portanto, é um suspense sem suspense que chega aos cinemas no dia 17 de junho.

Sinopse de Armadilha Explosiva

Sonia está presa em seu carro junto com seu filho e sua enteada. Fred, seu parceiro, ficou do lado de fora, sem poder fazer nada. Tudo porque uma mina anti-tanque foi instalada no veículo. A mulher, que é especialista em desarmar bombas e trabalha numa ONG, liga para Igor e Camille, dois colegas de trabalho, para salvá-la. Enfim, será que conseguirão permanecer unidos diante dessa ameaça iminente?

Título Original: Déflagrations
Ano Lançamento: 2021 (França)
Dir:Vanya Peirani-Vignes
Elenco: Nora Arnezeder, Pierre Kiwitt, Edouard Montoute, Sara Mortensen

ORÇAMENTO: —
NOTA: 4,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas