You are here:  / Críticas / Amaldiçoados não amedronta ninguém!

Amaldiçoados não amedronta ninguém!

AmaldiçoadosWes Craven repaginou o gênero do suspense e colocou jovens sarados (e sem inteligência) para serem assassinados por algum cidadão mascarado e com motivações pífias e involuntariamente engraçadas.

A brincadeira deu certo, Pânico se transformou numa trilogia e rendeu tantas cópias que fica difícil citar todas. Estas vão desde Lenda Urbana, passando por Eu sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado e chegando, enfim, em CUT – Cenas de Horror.

Se rir de um gênero morto deu certo uma vez, porque não tentar novamente? Provavelmente essa frase passou pela cabeça do diretor. E, portanto, entrou em seu novo projeto chamado Amaldiçoados.

Inicialmente, Amaldiçoados traz um clima interessante. E até segura o espectador nos dez primeiros minutos. Mas, daí em diante, a “sessão tortura” começa com diálogos pobres, interpretações fraquíssimas (alguém pode me explicar o que Christina Ricci faz aí?), lobisomens que tiram gargalhadas e trilha sonora e efeitos especiais esquecíveis. Tudo dirigido com mão pesada e pouco timming.

Cabe, então, ao corajoso espectador, manter-se acordado até créditos finais subirem para entender (ou não!) como Hollywood irradia mediocridade nos momentos mais inoportunos.

NOTA: 1,0
ORÇAMENTO: 35 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca