You are here:  / Críticas / A INTERPRETE

A INTERPRETE

www.adorocinema.com.brA possibildade de ver Nicole Kidman (‘As Horas’) e Sean Penn (‘Sobre Meninos e Lobos’) contracenarem juntos deixaria qualquer fã do cinema com olhos arregalados, por isso, ‘A Intérprete’ poderia ser um programão ótimo.

Realmente poderia, pois Sidney Pollack (‘Tootsie’) está mais perdido que os próprios atores, numa direção óbvia e lotada de cacoetes. A única salvação é o experiente ator, que apesar de alguns deslizes, constrói um personagem sucinto e sem uma carga dramática exagerada, já a atriz vai para o mesmo caminho de outros “amaldiçoados pelo Oscar” como Hally Berry, Cuba Gooding Jr. e etc, pois parece ter perdido seu talento de outrora num set de filmagens por aí, estando apática em 90 % das sequências.

Silvia Broome é a tal interprete do título e sem querer acaba ouvindo uma conversa (num idioma pouquíssimo falado) dentro da ONU, sobre um suposto plano para matar um chefe de estado da africano. Tobin Keller começa a investigá-la como a principal suspeita, mas descobre uma trama de traição e corrupção.

É um forte remédio contra insônia. Tanto “auê” antes da estréia para presenciarmos isso? Só não é pior que a novela das oito na Rede Globo.

NOTA: 5,0
ORÇAMENTO: 80 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca