You are here:  / Uncategorized / A Favorita, indicado ao Oscar de Melhor Filme

A Favorita, indicado ao Oscar de Melhor Filme

Que Yorgos Lanthimos é um diretor, no mínimo, peculiar, isso todo mundo que acompanha seu trabalho já sabe. E em A Favorita, indicado ao Oscar de Melhor Filme, ele dá ao trio de protagonistas a liberdade que necessitavam para criarem personagens que seguem uma linha tênue entre loucura e sanidade.

Olivia Colman é a única que poderá vencer Glenn Close (A Esposa) na disputa de Melhor Atriz e ela está sensacional em uma mistura de rebeldia, teimosia e sofrimento, assim como Rachel Weisz e Emma Stone, que se dividem entre a manipuladora e a traidora com rosto inocente. Todas tem traumas pesados que vão sendo mostrados para o público aos poucos – e não são traumas fáceis de serem superados.

E apesar do drama que é recorrente nas duas horas de projeção, a inserção de um humor mais situacional acaba rendendo risos, mas é muito oscilante. A trama paralela, que dialoga sobre a necessidade das guerras e os lucros que ela trás, é pertinente mas, por vezes, desinteressante.

A Favorita, indicado ao Oscar de Melhor Filme

Pôster do filme

Mas você nota o conhecimento de causa de Lanthimos quando ele usa a lente olho de peixe e distancia aquele universo do mundo real, tornando-se quase fantasioso.

Com reconstrução de época e figurinos maravilhosos e com detalhes de encher os olhos e uma trilha sonora com notas repetidas que incomodam positivamente, A Favorita, indicado ao Oscar de Melhor Filme é um estudo aprofundado sobre orgulho, traição e manipulação dentro daquele triângulo. Não é perfeito, mas vale uma conferida!

Sinopse de A Favorita

Estamos na Inglaterra no século XVIII, onde a Rainha Ana tem como braço direito (e também amante) a Duquesa Sarah Churchill. Por conta disso, Sarah tem diversas regalias e benefícios, mas tudo isso começa a ser ameaçado quando a nova criada chamada Abigail se aproxima da Rainha.

Título Original: The Favourite
Ano Lançamento/País de Origem: 
2019 (Estados Unidos/Irlanda/Reino Unido)
Dir:
Yorgos Lanthimos
Elenco:
Olivia Colman, Emma Stone, Rachel Weisz, Nicholas Hoult, Joe Alwyn, Mark Gatiss

ORÇAMENTO: 15 Milhões de Dólares
NOTA: 7,5

INDICAÇÕES AO OSCAR: Melhor Filme / Melhor Direção / Melhor Atriz (Olivia Colman) / Melhor Atriz Coadjuvante (Rachel Weisz e Emma Stone) / Melhor Roteiro Original / Melhor Figurino / Melhor Montagem / Melhor Fotografia / Melhor Design de Produção

Confira também um dos nossos vídeos do Canal Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca