You are here:  / Top CP / 7 Filmes de Mark Dacascos para ver (ou não!)

7 Filmes de Mark Dacascos para ver (ou não!)

Primeiramente, precisamos dizer que Mark Dacascos sempre foi aquela promessa que nunca vingou. Ator de filmes de ação bastante genéricos, fez certo sucesso em Esporte Sangrento, que foi reprisado a exaustão no Cinema em Casa do SBT.

Hoje em dia, estrela vários projetos ‘B’ da produtora The Asylum como A Batalha dos Mortos e Abraham Lincoln: Vampire Hunter Sequels ou faz participações especiais em seriados como Havaí 5.0 e Mortal Kombat Legacy.

– Esporte Sangrento (1993)

mark dacascos
Professor acaba levando a capoeira para uma escola barra pesada dos Estados Unidos. Antes de mais nada, os alunos ficam reticentes, mas depois entendem as técnicas e começam a se respeitar. A princípio, uma equipe do mal aparece para enfrentá-los, tornando-se quase um Karate Kid para os mais adultos. O filme que deu o start em sua carreira.

– Double Dragon (1994)

mark dacascos

Baseado num jogo de vídeo game, esta é outra péssima adaptação que fala sobre um medalhão poderosíssimo dividido ao meio – uma parte está nas mãos dos mocinhos e a outra na mão do vilão. Dois irmãos deverão lutar para tê-lo de volta, senão o mundo correrá um imenso perigo. Você se lembra deste?

– O Combate – Lágrimas do Guerreiro (1995)

mark dacascos

Para muitos, o melhor filme da carreira de Mark Dacascos, O Combate – Lágrimas do Guerreiro é baseado no mangá Crying Freeman e fala sobre assassinos, gangues orientais e tudo de mais legal que existe num projeto de ação dos anos 90. Seu diretor Christophe Guns soube utilizar fotografia e coreografias muitíssimo bem.

– A Ilha do Dr. Moreau (1996)

mark dacascos
Mark Dacascos faz uma pequeníssima participação neste terror na pele de Lo-Mai. Primeiramente Marlon Brando, bem como Val Kilmer, são os grandes protagonistas desta bizarra adaptação de John Frankheimer para o conto de H. G. Wells. Ao mesmo tempo, foi neste período que o ator de nossa lista conseguiu seu trabalhos mais importantes.

A Base – Desafiando o Perigo (1999)

mark dacascos
Tenho um carinho especial por este filme. E mesmo sendo uma porcaria sem tamanho, foi um dos primeiros que aluguei na vida. Na época, com 12 ou 13 anos, todo tiroteio acabou me agradando, mas é fato que o tempo passou e hoje em dia seria impossível assisti-lo sem bocejar. Feito pelo especialista em trasheiras, Mark L. Lester, é o típico filme de ação lotado de baboseiras.

– O Pacto dos Lobos (2001)

mark dacascos
Novamente trabalhando com o talentoso Christophe Guns, Mark Dacascos é coadjuvante de luxo nesta obra com efeitos especiais excelentes e um elenco de peso. Ao sair de Hollywood, o espectador consegue notar o bom tratamento de filmes de outro país, neste caso, a França. Vale muito a pena.

– Contra o Tempo (2003)

mark dacascos

Mark Dacascos é o vilão de Contra o Tempo, ação genérica dirigida pelo fraquinho Andrzej Bartkowiak. Portanto, o personagem do rapper DMX se junta ao policial vivido por Jet Li para forjarem o roubo de uma valiosíssima jóia e ter sua filha de volta. A não ser pela luta de Li e Dacascos no final, nada se salva por aqui.

Enfim, qual destes filmes com Mark Dacascos você prefere? Comente com a gente!

Comente via Facebook

Comentários

2 COMMENTS

    • Fiquei entre Drive e A Base – Desafiando o Perigo. Mas como este segundo fez mais parte da minha infância, resolvi colocá-lo. Mas Drive é muito legal também (pelo menos na época em que eu assiti rsrsrs)

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas