You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / 50 Tons Mais Escuros… você já conhece essa história

50 Tons Mais Escuros… você já conhece essa história

50 Tons mais Escuros consegue ser um drama lotado de esperança, onde o sexo é inserido de uma maneira tão categórica e poética que deixaria projetos como ‘9 ½ Semanas de Amor’, ‘O Último Tango em Paris’ ou a trilogia de Richard Linklarter fadada ao ostracismo, vide a entrega de seus atores, que ao contrário do primeiro filme, tem uma química implacável. Muitos gostariam que isso fosse verdade? Sim! Mas infelizmente não é.

O projeto dirigido por James Folley (que dirigiu alguns episódios da 1ª, 2ª e 3ª temporadas de ‘House of Cards’) tem na ótima trilha sonora seu ápice e algumas boas tiradinhas cômicas, mas isso não conta muito quando temos uma dupla de protagonistas que nunca mostra ao espectador que estão apaixonados de verdade – encontrem um olhar apaixonado trocado por eles – e dialogam sobre o amor como se este fosse uma empresa e precisassem de contratos para se entregarem um ao outro.

Quando parece que 50 Tons mais Escuros algo sairá do terreno comum e a trama evoluirá, eles tiram suas roupas, transam e colocam tudo a perder em cenas que a cinesérie ‘Emanuelle’ já havia nos apresentado com muito mais excitação.

Jamie Dornan melhora sua atuação se comparado com ’50 Tons de Cinza’, já Dakota Johnson faz caras e bocas irritantes, sem contar que o fetichismo aqui é apenas um adereço gratuito para uma trama que sempre se vendeu como um soft porn cheio destes brinquedos e utensílios eróticos.

50 Tons mais Escuros

Foto: Poster do filme

Quando Christian Grey decide correr atrás de Anabelle Steele, ela impõe novos termos. Baseado em confiança e verdade, vão estabalecendo novos laços afetivos, até algumas figuras do passado do ricaço entrar em cena, podendo colocar tudo a perder.

Com intermináveis duas horas de duração, coadjuvantes péssimos (em qual escola de atuação aquele ator que faz o chefe de Anabelle estudou?) e frases como: “Não se preocupe, é o Grey, ele vai se salvar”, logo após o protagonistas sofrer um acidente de helicóptero, além de sua chegada inexplicavelmente rápida após o incidente, faz deste um exemplar muito aquém do verdadeiro gênero romance, ou então, assista-o como uma comédia involuntária.

Título Original: 50 Shades Darker
Ano Lançamento: 2017 (Estados Unidos)
Dir: James Foley
Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Bella Heathcote, Tyler Hoechlin, Kim Basinger,Jennifer Ehle, Max Martini, Marcia Gay Harden – Mrs. Grey

ORÇAMENTO: 60 Milhões de Dólares
NOTA: 4,0

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • I have read so many content on the topic of the blogger lovers but this paragraph is actually a pleasant paragraph,
    keep it up.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas