You are here:  / Críticas / 3 Enterros, o faroeste moderno de Tommy Lee Jones

3 Enterros, o faroeste moderno de Tommy Lee Jones

3 EnterrosQuem viu Tommy Lee Jones antes, naquela ficção totalmente maluca intitulada MIB – Homens de Preto e o vê em 3 Enterros se surpreenderá. Sua atuação aqui é digna de aplausos, sem contar que também foi responsável pela impecável direção.

Contém um roteiro escrito por Guillermo Arriaga, que amarra bem todas as pontas e conta ainda com flashbacks interessantes e que entrelaçam, de forma positiva, a história. O astro divide a cena com o não menos fantástico Barry Pepper (O Resgate do Soldado Ryan), um destes atores que Hollywood cansa de esquecer, mas que prova ter um talento enorme na maioria das vezes.

Se você quer presenciar o crescimento do veterano ator na frente e atrás das câmeras, então 3 Enterros certamente será ideal, provando a dimensão exata daquilo que se pode esperar de um astro.

A morte de Melquiades Estrada é contada por diversos ângulos – e aí o diretor capricha nas tomadas, cheias de dramaticidade. Após isso, há uma caminhada quase sem fim de Perkins para pagar a promessa feita ao amigo (enterrá-lo na cidade natal). As fotografias e planos abertos dão mais competência ainda a este novo “homem de preto”.

Sinopse de 3 Enterros:

Após ser morto, Melquiades Estrada é enterrado em um deserto no Texas. Quando seu corpo é encontrado, o enterram novamente, agora no cemitério da cidade de Van Horn. Pete Perkins, capataz de um rancho local e melhor amigo de Melquiades, decide cumprir uma promessa feita a ele de que, caso morresse, levaria seu corpo para sua família no México. Para tanto o homem sequestra um policial da fronteira que foi também o assassino de Melquiades e o obriga a mais uma vez desenterrar o corpo. Com seu prisioneiro a reboque e carregando o corpo, que está amarrado em uma mula, Pete inicia uma jornada através do México.

NOTA: 8,5
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • nossa
    Trêrs enterros é um dos meus filmes preferidos de 2006
    muito bom
    Tomy Lee me surpreendeu muito ótima direção
    ótimo roteiro
    e ótima atuação de Barry Peaper

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca