You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / 13º DISTRITO

13º DISTRITO

Qual seria a necessidade de se fazer um remake do divertidinho ‘B-13 – 13º Distrito’, filme francês produzido por Luc Besson? Há dois motivos primordiais: primeiro para Besson encher ainda mais seus bolsos de dinheiro e segundo para que a população norte-americana, que detesta filmes legendados, confira o tal filme, agora falado em inglês.

Desde o início percebemos que ‘13º Distrito’ se escora na ação que costumávamos ver nos anos 90, somados ao estilo Parkour com seus pulos e piruletas sempre editados em câmera lenta para dar maior destaque a essas firulas. Mas conforme o tempo passa, percebe-se que o diretor Camille Delamarre se leva a sério demais e acaba estragando o que poderia ser uma grande diversão.

Ao sair de Paris, onde se passa a aventura original e rumar para Detroit com seu caos urbano e abandono, nota-se uma sacada interessante, mas o medo meio ‘sem pé nem cabeça’ que os personagens de Paul Walker e David Belle se transformam em amigos e as soluções fáceis no terço final são imperdoáveis até para um blockbuster de final de semana.

A prefeitura de Detroit, sabendo dos altos índices de violência em Brick Mansions, resolve deixar os moradores da região a própria sorte. De um lado, um justiceiro chamado Lino, que tenta trazer a paz ao local, do outro o traficante Alexander, que tem contatos com a polícia e coloca Lino atrás das grades. Damien é um policial honesto que recebe a missão de entrar em Brick Mansions para desativar uma bomba poderosíssima. A vida dos dois está prestes a se juntar.

Essa seria outra tentativa do falecido Paul Walker de tentar segurar um filme de ação sem a ‘ajuda’ de Vin Diesel e The Rock, pena que o tiro saiu pela culatra, transformando-se numa despedida muito abaixo do que poderia. Quem sabe lá em cima, os deuses do cinema não o perdoem por conta desta escolha tão equivocada.

Título Original: Brick Mansions
Ano Lançamento: 2014 (Canadá/França)
Dir: Camille Delamarre
Elenco: Paul Walker, David Belle, RZA, Gouchy Boy, Carlo Rota, Andreas Apergis, Robert Maillet

ORÇAMENTO: 28 milhões de dólares
NOTA: 4,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas