You are here:  / Críticas / 127 HORAS

127 HORAS

garulhosonline.com127 horas

Após o superestimado ‘Quem quer ser um Milionário?’, Danny Boyle volta com um filme arrasador e sem os dramalhões e a pieguice vistos no drama passado na Índia. Trabalhando com um personagem real e uma atuação soberba de James Franco (‘Homem Aranha’) – ator pelo qual jamais havia botado muita fé.
A apresentação inicial já acerta em cheio ao mostrar que mesmo perto de milhares de pessoas, somos tão ou mais solitários que este aventureiro.

A trilha sonora é um caso a parte, pois quando o filme começa o tom é de liberdade, as músicas são cheias de ritmo e as batidas fortes pontuam bem tudo aquilo proposto, mas depois do acidente cria-se um ambiente de claustrofobia e tensão quase insuportáveis – é válido destacar também a fotografia e a edição entrecortada.

A certa altura Aron Ralston nos passa uma paixão invejável e quase irresponsável pela natureza e é nesse instante que Franco ganha nossa empatia, passando todo sofrimento e angústia com expressões duras e angustiantes, como quando coloca as mãos nas rochas ensolaradas para se aquecer. Os flashbacks também traduzem os sentimentos e as ilusões de Ralston e não parecem gratuitas.

Em 2003 o montanhista Aron Ralston sofreu um acidente grave em uma das inúmeras montanhas na região de Utah, onde ficou com o antebraço preso sob uma rocha durante 5 dias. Para piorar, ainda havia pouco estoque de água e alimentos e o fato dele não ter avisado ninguém para onde iria. Após esse tempo resolve amputar o próprio braço com um canivete que carregava em sua mochila.

Assim como Ryan Reynolds em ‘Enterrado Vivo’, o protagonista segura ‘127 Horas’ sozinho e com uma naturalidade extraordinária. Além disso tudo, também flerta com o espírito de força e determinação, mas num nível acima de seus concorrentes. ‘127 Horas’ é obrigatório e num contexto geral, melhor do que o favorito ‘A Rede Social’.

Título Original: 127 Hours
Ano Lançamento: 2010 (EUA / Inglaterra)
Dir: Danny Boyle
Elenco: James Franco, Kate Mara, Amber Tamblyn, Treat Williams

ORÇAMENTO: 18 Milhões de Dólares


PERGUNTA PARA O INTERNAUTA:
* O que você achou de 127 HORAS ?
* Qual o melhor filme de Danny Boyle para você: 127 HORAS ou QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO ?


INDICAÇÕES AO OSCAR 2011:
Melhor Filme, Melhor Ator (James Franco), Edição, Trilha Sonora Original, Canção Original (“If I Rise from 127 Hours”), Roteiro Adaptado. Outro que não tem grandes chances, talvez em Canção Original, mas ainda assim é difícil.

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas